terça-feira, 27 de outubro de 2009

ENTREVISTA: ELISEU CAETANO, TV BRASIL

Foto: Efraim Fernandes

Texto: Juliana Crespo (4º período)


Eliseu Caetano formou-se em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá, Campus Tom Jobim. Durante o período de faculdade, foi estagiário da Rede TV, onde permaneceu por cinco anos, sendo posteriormente contratado. Trabalhou em todas as áreas da emissora, de produtor a cargo de chefia. Recebeu o convite da TV Brasil, primeira emissora pública do país, onde trabalha atualmente como repórter nos programas Repórter Brasil (na parte da manhã) e Repórter Rio (ao meio-dia).


Qual a importância da apuração para matéria?

‘‘A apuração é o coração da redação e do repórter. Se o repórter não for um bom apurador, com certeza não irá fazer uma boa reportagem. Acho que, como repórter, minha maior qualidade é saber apurar muito bem.’’

Qual a maior dificuldade que você encontra hoje para fazer uma reportagem?

‘‘Sou novo no ramo de reportagem, mas pretendo ficar neste meio durante muito tempo. A maior dificuldade quando você sai da redação e vem para a reportagem é a questão do texto... É pontual. Se você não sabe mexer com imagem, você aprende com o tempo; se você não é tão bonito, uma maquiagem resolve... Porém, se você não tem conteúdo, não adianta nada disso. A questão inicial de qualquer repórter é o texto; é minha maior preocupação atualmente."


Qual a importância da produção para a reportagem?

‘’Existe uma diferença entre produção e reportagem. A produção é quem põe ordem no jornal: são aqueles que ficam para lá e para cá, organizam pesquisas para os repórteres, auxiliam todo o processo antes e durante a produção das matérias.’’


Sabemos que hoje existem emissoras de grande, médio e pequeno porte. Qual é o maior desafio para superar a concorrência?

‘‘Apesar de hoje existir um monopólio das grandes emissoras, a TV Brasil não vê isso como um problema, pelo fato de não se importar com a audiência. Na emissora, não existe Departamento Comercial. O nosso objetivo é transmitir notícias para todo o país, sem distinção de classe social. Falamos para toda a família, apesar de ainda existir uma concepção de que a emissora é voltada para a elite, mas fazemos programas para todas as categorias, sem torná-los popularescos.’’

1 comentário

SESEG RJ disse...

Parabéns para toda equipe pelo empenho na 6ª SECOM que está só começando e promete que muita coisa boa está por vir!!!
Quero aproveitar e mandar um SALVE pro Benjamin!!! rs
Marcela Lobo
jornalista

Postar um comentário

Design by UsuárioCompulsivo modificado por Marcos Benjamin ^